jusbrasil.com.br
5 de Abril de 2020

V Seminário Luso-Brasileiro de Direito Constitucional - IDP

FHC, Gilmar Mendes, autoridades portuguesas e brasileiras abrem o V Seminário Luso-Brasileiro de Direito.

Raphael Oliveira, Advogado
Publicado por Raphael Oliveira
há 3 anos

https://www.youtube.com/embed/KBjs2mc8ls4

Nos dias 18, 19 e 20 de abril, em Lisboa - Portugal, o evento que terá como tema central Constituição e Governança, tem por objetivo debater grandes questões do direito constitucional contemporâneo, a partir de uma interface entre os sistemas jurídicos português e brasileiro. Agora em sua quinta edição, o Seminário Luso-brasileiro de direito já se consolidou como palco de elevados debates acadêmicos, os quais têm, por fim último, a função de aprimorar o ordenamento jurídico-constitucional dos dois países envolvidos.

Gilmar Mendes, coordenador científico do evento, ressalta que o seminário “é daqueles eventos cuja concepção e realização nos enchem de orgulho e satisfação”: “Assim como ocorreu nos quatro anos anteriores, esta quinta edição traz autoridades e estudiosos portugueses e brasileiros para debater assuntos da maior relevância para nossos países, possibilitando uma troca de experiências que se revela muitíssimo frutífera para que encontremos soluções para os problemas que afligem nossas nações”, complementa.

Soluções

Carlos Blanco de Morais, professor catedrático da FDUL e também coordenador científico do evento, acredita que “a troca de impressões entre autoridades e acadêmicos brasileiros e portugueses permite a ambos os países o desenvolvimento de soluções mais atuais, certeiras e aptas para solucionar os problemas com que nos defrontamos”.

Para César Cunha Campos, diretor da FGV Projetos, que está apoiando o IDP na realização do seminário, “ao reunir autoridades e especialistas do meio jurídico de ambos os países, o seminário torna-se não só um ambiente de reflexão, diálogo e troca de conhecimento, como também promove a cooperação bilateral entre Brasil e Portugal, consolidando os laços históricos que unem as duas nações e impulsionando o seu desenvolvimento socioeconômico”.

Programação: clique aqui.

Fonte: IDP

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)